segunda-feira, 21 de setembro de 2009

O Acerto não recebe crédito, mas o erro ...

Durante a repercussão nacional do nosso trabalho na luta contra o crime denominado "saidinha de banco", observei que a imprensa de uma maneira geral, havendo excessões, dá muito mais ênfase ao erro do que ao acerto.

Senão vejamos:

1) nas matérias veiculadas nacionalmente sobre as leis anti-saidinha de banco, em nenhum momento se fez alusão à autoria dos projetos, limitando-se a dizer que os vereadotes de João Pessoa aprovaram as leis;

2) nos casos em que vereadores e outros políticos envolvem-se em algum delito, imediatamente têm os seus nomes e imagens expostos na mídia para execração pública.

Em nossa avaliação, dois pesos e duas medidas !

A competência do fazer deveria receber o crédito e não dar o mérito ao malcaratismo, dando a entender mais ainda de que na política só existem bandidos.

Na Presidência da Câmara de João Pessoa, lembro-me de quando eu economizei e devolvi aos cofres públicos, de forma inédita, a quantia significativa de R$ 1.500.000,00 (um milhão e meio de reais), ainda tivemos uns safados que deram a notícia, pondo um pau-mandado para levantar suspeitas sobre o valor a ser devolvido, tentando macular o meu feito. Todos eles movidos por interesse escusos em "morder no mole" a verba da Cãmara como era costume antes da minha gestão.

Fica a reflexão como contribuição na esperança do despertar das consciências livres do meu sofrido povo paraibano !

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Palestra em Mairiporã-SP sobre leis de Jampa

Apresentei ontem, 17/09/2009, uma palestra no Conselho Municipal de Segurança de Mairiporã-SP. O tema da apresentação foi "A Sociedade Mobilizada contra a Violência e A Criminalidade - O Caso Prático de João Pessoa-PB".

Na palestra, apresentei os projetos anti-saidinha de banco que puseram a nossa João Pessoa na mídia nacional como referência de boas iniciativas para combater a crminalidade.

Na plateia, tivemos a presença de conselheiros do CONSEG- Mairiporã, bancários, Policiais militares, policiais civis, professores e pessoas do povo para conhecerem como João Pessoa obteve bons índices na redução da saidinha de banco a partir da aprovação e implementação dos nossos projetos.

O projeto das Câmeras de vídeo já foi aprovado em Mairiporã e agora, o CONSEG apresentará o projeto do painel opaco para aprovação também.

Fico feliz de poder contribuir com a população de João Pessoa e de outras cidades do Brasil com a nossa atuação como parlamentar. João Pessoa e a Paraíba podem aparecer na mídia nacional de forma positiva sempre, bastando a nós fazermnos a nossa parte.

Parabéns e obrigado aos conselheiros do CONSEG Mairiporã, Cleriston, Fernando e Onésio pela atenção e hospitalidade com que me receberam.

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Os Mandamentos do Pai Rico

O Autor do best seller Pai Rico, Pai Pobre, Robert Kiyosaki, deu entrevista à Folha de São Paulo sobre a sua obra e a sua postura financeira. Veja os mandamentos de Robert:

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Apologia à violência em horário nobre

Não sou noveleiro, mas confesso estar extremamente preocupado com o conteúdo exibido nas nossas telenovelas no horário nobre. Quando não são cenas tórridas de um quase sexo explícito, temos cenas de extrema violência.

No último sucesso das 21 horas na Rede Globo, Caminho das Índias, presenciei duas cenas de violentas surras dadas pelas atrizes em suas rivais. Era soco para cá, puxão de cabelo para lá, bofete para acolá. Golpes dignos de uma luta profissional de um UFC.

Por outro lado, recentemente fomos surpreendidos com notícias dando conta de que adolescentes, transformando a ficção em realidade, surraram rivais na escola quase até a morte.

Estamos voltando à época dos bárbaros ou aos duelos medievais ? Até aonde esse culto à violência poderá nos levar ?

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Perfil do Usuário Brasileiro do Twitter

Em abril de 2009, a agência Bullet divulgou o resultado de uma pesquisa feita com 3268 usuários de Twitter no Brasil, feita com o objetivo de mapear o perfil desse público.

Perfil - a pesquisa revelou que as pessoas que aderiram ao Twitter são predominantemente usuários avançados da Web, 59% possui blogs, passa em média 46 horas por semana acessando a rede. É um público jovem, 65% tem entre 21 e 30 anos, e qualificado: 80% está estudando, tem diploma universitário ou pós. A metade ganha entre R$ 1 e R$ 5 mil e 29% ganha entre R$ 5 e R$ 10 mil. A maioria (65%) está na região Sudeste do país. (Adolescentes ainda não adotaram massivamente o serviço.)

Como usa a ferramenta - em termos de hábitos de navegação, 9 a cada 10 responderam que se mantêm informados pelo Twitter. 79% disse usar o serviço para compartilhar links e informações, 70% compartilha opiniões e aproximadamente 50% fala o que pensa ou conversa com outros usuários. Quase todos (97%) disse já ter clicado em links em mensagens do Twitter, 84% disse responder todas ou quase todas as respostas (replies) às suas mensagens e 79% disse que costuma repassar (retuitar) conteúdo relevante.

Confiança - o Twitter é considerado por esses usuários como uma fonte segura de informações. 87% disse que confia nas opiniões de outros participantes do serviço. Aproximadamente 8 em cada 10 usuários disse já ter dado e aceitado dicas e a maioria já usou as mensagens recebidas para fazer posts em blogs ou repassar por comunicadores instantâneos (72%). 84% disse acreditar que o Twitter aproxima as pessoas.

Utilização corporativa - 79% disse que segue ou já seguiu perfis de empresas, agências de notícias ou campanhas publicitárias.

Fonte: Tudo o que voce precisa saber sobre o Twitter - Juliano Spyer

Palestra sobre Mestrado em Informática na ASPER

Hoje à noite a coordenação do Mestrado em Informática da UFPB promoverá uma palestra no auditório da ASPER sobre aquele programa de pós-graduação. É uma ótima oportunidade de conhecer as linhas de pesquisa, o corpo docente, o processo de seleção, os trabalhos desenvolvidos e outras informações sobre o Mestrado em Informática aqui em João Pessoa.

Contamos com a sua presença.

Veja como aumentar a sua empregabilidade

Como aumentar suas chances de emprego com cursos de informática

Sempre ouvimos falar que ter um curso de informática era um requisito básico em qualquer currículo. Assim surgiu uma indústria de cursos e a busca por estes diplomas com o curso básico “Windows, Word e Excel” virou mania.

Porém, na prática, várias empresas estão buscando diferenciais nas aptidões de informática e novos cursos ganham relevância, principalmente os não tão populares.

Cursos como Redes, Manutenção de notebook e celular, Webdesign e linguagens de programação(PHP, Java) já aparecem como os mais importantes e mostram ao empregador um diferencial para sua contratação. Porém, é importante não ficar restrito a cursos de informática. Vendas, Negociação, Liderança, 5S(D´olho), Contabilidade, Atendimento são cursos que provam que você vai além dos bits e vê a empresa de modo diferente, fazendo seu currículo ainda mais importante.

E mais, é importante aliar talento e técnica. Não adianta fazer um curso de Design(Photoshop e Corel) se você não sabe desenhar a mão ou não tem paciência para criar ou desenhar no micro. O curso pode fazê-lo entrar em um emprego, mas não vai mantê-lo lá. Enfim, una o que você gosta com o máximo de cursos da área e complemente com cursos de outras áreas, assim você vai além do “Windows, Word e Excel”.


Postado por: Rayner (Vida Online) www.paraiba1.com.br

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

O Engajamento Explícito da Imprensa

Há exceções, mas muita gente da área jornalística está engajada na pré-campanha para governador como nunca !

A produção de matérias atreladas é cada vez maior ao ponto de indignar. O "profissional" produz o seu material de uma forma tão interessseira que dá vontade de vomitar, muitas vezes.

Fico imaginando o que estaria custando esse posicionamento explícito de alguns. Não temos certeza, mas o concreto é que o semanário e o diário oficial continuam nos brindando com as nomeações. São as esposas, esposos, filhos, filhas e até amantes ! As empresas prestadoras de serviço também são usadas com esse propósito.

Nessa linha, quem não tem a máquina para acariciar o dono da caneta, fica na desvantagem nessa guerra. Parece uma luta entre índios com arcos e flechas e o homem branco com os seus rifles winchester de repetição automática !

Esse uso do público para atender os interesses de alguns tem nome: patrimonialismo ! A história repete-se o tempo todo, mudando apenas o lugar e os personagens.

E tome tinta nesse tinteiro porque a fila anda e cresce sem parar !

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Reportagem do Bom dia Brasil sobre nossa Lei

Nossa lei anti-Saidinha de Banco no Bom Dia Brasil:

terça-feira, 1 de setembro de 2009

História do Brasil para Vestibulares e Concursos




Registro o lançamento do nosso novo livro História do Brasil para Vestibulares e Concursos pela Editora Ciência Moderna (www.lcm.com.br).

Ao longo de nossa carreira profissional, tenho atuado como professor universitário, de cursos pré-vestibulares e preparatórios para concursos no estado da Paraíba.

Essa experiência foi transformada em um livro destinado a todos aqueles que se interessam e precisam aprender mais sobre a história do nosso país.

Cada capítulo contém um resumo teórico sobre o tema abordado e várias questões cuidadosamente escolhidas de forma a complementar a teoria e permitir ao leitor a condição de antecipar o perfil das questões que serão encontradas nas provas de vestibulares e concursos públicos.

Com esse livro e sua abordagem simples e direta, você não aprenderá a História do Brasil se não quiser. Confira e comprove.

SUMÁRIO

Capítulo 01 - A Expansão Marítima - 01
Capítulo 02 - Os Tratados de Divisão das Terras Descobertas e a Descobrir - 07
Capítulo 03 - O “Descobrimento” - 11
Capítulo 04 - O Abandono Inicial e o Início da Colonização - 17
Capítulo 05 - As Capitanias Hereditárias - 25
Capítulo 06 -O Governo Geral - 31
Capítulo 07 -A União Ibérica e o Início do Declínio Português - 39
Capítulo 08 - Os Bandeirantes e Suas Contribuições - 43
Capítulo 09 - O Brasil Colonial e Suas Principais Atividades Econômicas - 49
Capítulo 10 - A Administração Pombalina - 65
Capítulo 11 - Movimentos de Contestação ao Pacto Colonial - 71
Capítulo 12 - O Processo de Separação do Brasil de Portugal - 81
Capítulo 13 - O Governo de Pedro I - 87
Capítulo 14 - O Período Regencial - 93
Capítulo 15 - O Governo de Pedro II - 99
Capítulo 16 - A República Velha - 107
Capítulo 17 - A “Revolução” de 1930 e a Era Vargas - 119
Capítulo 18 - O Brasil Pós-Estado Novo - 129
Capítulo 19 - A Ditadura Militar e Seus Presidentes - 137
Capítulo 20 - Da Redemocratização aos Dias Atuais - 147
Anexo 1 - Comparação Entre as Constituições Brasileiras - 161
Anexo 2 - 10 Passos Para Encarar Provas Objetivas - 163
Bibliografia - 167
Respostas das Questões Propostas - 169
Instituições que Tiveram Seus Vestibulares ou Concursos Pesquisados - 173
Endereços para Pesquisa na Internet - 175

Glossário - 177

Severino Paiva - Severino Paiva
Bacharel em Ciência da Computação - UFPB
Pós-graduado em Informática – UFPB
Pesquisador e estudioso da História do Brasil

PRINCIPAIS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS
• Ex-Professor de Informática do CEFET-PB
• Ex-Diretor do Colégio Objetivo Padrão
• Ex-Professor de História e Atualidades do Pré-Vestibular Objetivo Padrão
• Ex-Presidente da Câmara Municipal de João Pessoa - PB
• Ex-Vereador da Cidade de João Pessoa - PB
• Consultor de Informática desde 1985
• Consultor na área de Educação desde 1996
• Criador do Projeto de Responsabilidade Social Capacitação Comunitária
• Autor do livro Introdução à Programação de Computadores pela Editora Ciência Moderna
• Palestrante nas áreas de Gestão Pública, Combate à Corrupção, Educação, História, Empreendedorismo e Informática
• Diretor Geral das Faculdades ASPER – João Pessoa - PB




Estamos a disposição para contato através:
Twitter: @professorpaiva;
Facebook: @SeverinoPaiva;
Linkedin: Severino Paiva
ou e-mail: paiva.professor@gmail.com .