domingo, 28 de março de 2010

Professores dão aula de baderna

Reproduzo o texto do Jornalista Gilberto Dimenstein da Folha sobre a greve orquestrada pelos professores do estado de São Paulo, aparentando fortes indícios de intenções políticas e com posturas inadequadas para quem deve dar o exemplo.

Aqui na Paraíba também temos um movimento de professores.

"Fico me perguntando como os alunos analisam as imagens de professores desrespeitando a lei e atirando paus e pedras contra a polícia, como vimos na manifestação nos arredores do Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo --afinal, supostamente são os professores que, em sala de aula, devem zelar pela disciplina.

É claro que, nem remotamente, a agressividade daquela manifestação representa os professores. Trata-se apenas de uma minoria organizada e motivada, em parte, pelas eleições deste ano.

A presidente da Apeoesp (o maior sindicato dos professores estaduais), Maria Izabel Noronha, disse que estava ali para quebrar a "espinha dorsal" do governador (Serra) e de seu partido (o PSDB) --ela que, no dia anterior, estava no palanque de Dilma Rousseff, pré-candidata do PT à Presidência da República.

Mas será que os alunos sabem disso? Será que vão imaginar que os professores são daquele jeito, sem limites, indisciplinados?

Todos sabemos como é difícil impor disciplina em sala de aula e, mais ainda, conter a violência. Não será com exemplos de desrespeito (de quem deveria dar o exemplo) que a situação vai melhorar. Muito pelo contrário: afinal, o que se viu foi uma aula de baderna.

Só espero que pelo menos essa lição os estudantes não aprendam. "



Gilberto Dimenstein, 53 anos, é membro do Conselho Editorial da Folha e criador da ONG Cidade Escola Aprendiz. Coordena o site de jornalismo comunitário da Folha. Escreve para a Folha Online às segundas-feiras.

sábado, 27 de março de 2010

Curso de Teoria da Computação da VU

Há uma carência enorme de cursos em vídeo na língua portuguesa sobre Teoria da Computação. Para quem tem interesse e tem condição de entender um curso em inglês, sugiro o curso da Virtual University:

sábado, 20 de março de 2010

Aula Sobre Autômatos de PIlha

Sabemos da dificuldade de achar material de qualidade sobre Teoria da Computação. Nesse sentido, achei pertinente publicar essa aula sobre autômatos de Pilha, que poderá ser útil para professores e alunos dessa área.


Estamos a disposição para contato através: Twitter:


@professorpaiva;
Facebook: @SeverinoPaiva;
Linkedin: Severino Paiva
ou e-mail: paiva.professor@gmail.com .


Vídeo aula sobre Autômatos de Pilha:

quinta-feira, 11 de março de 2010

Polícia Pacificadora no Bairro de São José

Desde o início do governo Maranhão, venho defendendo junto a amigos próximos do governo a necessidade de "ocupação" do bairro São José.

Essa ocupação seria nos mesmos moldes do que está acontecendo no Rio de Janeiro com as Unidades Pacificadoras dentro das comunidades.

Os bairros da orla(Manaíra, Tambaú, Cabo Branco e Bessa) teriam uma redução significativa dos índices de criminalidade, mas é preciso peito para fazer.

Tenho certeza que os cidaãos de bem aplaudiriam, inclusive os moradores do bairro de São José que são gente de bem que vive oprimida pelos marginais que se escondem lá.

Concursos com credibilidade duvidosa

O Ministério Público tem que ficar atento com as empresa sem credibilidade que estão sendo contratadas para a realização de concursos na PB.

São concursos feitos com instituições desconhecidas e que põe em risco a credibilidade desses certames e do próprio concurso público.

Determinadas questões não medem o conhecimento do candidato e ainda podem evidenciar uma possibilidade de fraude no concurso. Veja a questão esdrúxula que foi utilizada em uma prova de atualidades de um concurso recente na Paraíba:

"Distrito Federal tem o terceiro governador em 12 dias.Sem apoio político e ameaçado de impeachment, PauloOctávio renunciou. No lugar dele assumiu um aliado dogovernador afastado, aliado de José Roberto Arruda eque foi escolhido para substituir o então presidente daCâmara, Leonardo Prudente, aquele deputado distritalque foi flagrado colocando dinheiro nas meais.(http://g1.globo.com/bomdiabrasil, 24/02/2010).

Foi cobrador de ônibus, vendeu picolé e estava noterceiro mandato de deputado distrital e assumiu nolugar de Paulo Octávio.O governador do Distrito Federal é:
A. Agripino Maia.
B. Marcelo Toledo.
C. Wilson Lima.
D. Roberto Gurgel.
E. Leonardo Prudente"