sábado, 31 de dezembro de 2011

SUGESTÕES PARA MELHORAR O TRÂNSITO NOSSO DE CADA DIA

Tenho abordado o tema trânsito de forma recorrente em algumas das minhas reflexões nos últimos anos por uma simples questão de necessidade e também pela vontade de contribuir como cidadão cônscio das suas responsabilidades. Além do mais, sou do tempo em que nos gabávamos de termos um dos melhores trânsitos do Brasil, o que nos permitia exercermos livres e facilmente o nosso direito constitucional de ir e vir.

Historicamente, a indústria automobilística sempre teve muito espaço político dentro dos governos no Brasil, obtendo muitas facilidades para produzir e vender seus produtos aos brasileiros. Esses recordes sucessivos de produção, flexibilidades para financiamento e o apelo publicitário têm inundado as nossas ruas de carros, trazendo consigo as agruras do trânsito caótico que vivenciamos na maioria das nossas cidades.

No sentido contribuir com a melhoria do nosso trânsito, sugiro algumas medidas que podem ser adotadas para viabilizar a melhoria do fluxo de veículos em nossas ruas:

1) realizar os consertos das ruas nos horários noturnos para evitar os transtornos causados por esses reparos nos horários de maior fluxo de veículos;
2) implantar semáforos mais modernos, inteligentes e sincronizá-los de tal forma a reduzir o tempo perdido pelos veículos nos chamados sinais “burros”, que ficam abertos para as ruas sem trânsito e fechados para aqueles com carros circulando;
3) introdução de faixas exclusivas para ônibus nas vias em que possível fazê-lo, permitindo a circulação preferencial dos veículos de transporte de massa;
4) restringir o fluxo de caminhões em determinadas e vias e horários para evitar o consumo excessivo de espaço físico pelos grandes veículos;
5) criar programas de estímulo ao uso compartilhado de veículos pelas pessoas que moram no mesmo bairro e têm percursos e horários comuns;
6) instituir pedágios para acesso a determinadas áreas da cidade com problemas de fluidez no trânsito durante os dias de semana;
7) estimular as caminhadas e o uso de bicicletas através de campanhas publicitárias e programas de redução de impostos;
8) aumentar o IPVA dos veículos em função do tamanho do veículo, estimulando a opção por veículos menores;
9) adotar modernos recursos de TI - Tecnologia da Informação para ajudar no gerenciamento do trânsito em nossas cidades (GPS, softwares de otimização etc.);
10) incrementar a interligação entre os veículos particulares e os terminais de integração de forma que se possa estacionar os veículos em estacionamentos localizados próximos a esses terminais e fazer uso do veículo de transporte de massa para realizar o trajeto maior até o trabalho e/ou a escola;
11) profissionalizar a gestão do trânsito de tal forma a termos profissionais especializados e experientes em gestão de transporte e tráfego urbano e não as nomeações meramente políticas, que são tão usuais.

Essas sugestões têm a intenção de despertar a discussão e a reflexão em torno desse problema que nos tem afligido na saída e na volta para casa. E enquanto os nossos gestores não fazem a sua parte, nós, cidadãos, podemos dar uma forcinha nesse processo.

E você tem feito a sua parte ?


Estamos a disposição para contato através:


Twitter: @professorpaiva;
Facebook: @SeverinoPaiva;
Linkedin: Severino Paiva
ou e-mail: paiva.professor@gmail.com.

2 comentários:

  1. Excelente sugestões professor. Porém, senti falta de pelo menos um prenome seu, pois seu texto está muito bom para ser referenciado em pesquisas acadêmicas.
    Além da falta de um nome próprio, senti falta também do local de sua publicação. Você fala apenas em cidade, mas não remete a uma específica.
    Que pena! Eu gostei muito da sua pesquisa, pois ela traz contextos históricos do desenvolvimento brasileiro, a partir do setor da industria automobilística.
    De qualquer modo, parabéns pelo texto. Ele está mesmo bem de acordo com o CTB/97.
    Sibele
    São Luís,MA.

    ResponderExcluir
  2. Cara Sibele, Sou nascido, criado e moro em João Pessoa-PB. Essas reflexões são fruto da minha insatisfação com o nosso trânsito aqui em Jampa, mas como você bem percebeu, elas são a cara do trânsito no Brasil, que tem algumas variações de um lugar para outro, mas a maioria dos problemas é muito semelhante. Um grande abraço e obrigado pela visita e pelos comentários. Para maiores contatos, estou também no Twitter (@professorpaiva) e no Facebook (Severino Paiva).

    ResponderExcluir