segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Nossa lei anti-saidinha de banco repercute no Brasil

Reproduzo matéria da Globo Nacional sobre a nossa lei anti-saidinha de banco:

Lei municipal reduz roubos na porta de bancos em João Pessoa (PB)
O golpe da saidinha de banco é o terror dos clientes, que são abordados por bandidos depois de sacar dinheiro.

Um golpe faz vítimas em todo o Brasil: a saidinha de banco. É o terror dos clientes, que são abordados por bandidos depois de sacar dinheiro. Em João Pessoa (PB), uma nova lei reduziu o número de casos.

Foram três assaltos em pouco mais de um mês. Agora, o vendedor Irapuan dos Santos tomou providências: “Ao chegar ao banco, olho pelo retrovisor para ver se tem alguém me seguindo. Dentro do banco, fico olhando as pessoas para ver se tem alguém chegando perto de mim. Quando vejo alguma pessoa estranha, eu aviso meu segurança”.

“Geralmente, um dos bandidos fica no interior do banco, vendo o movimento, vê quem sacou uma quantidade grande de dinheiro. São essas pessoas que são abordadas”, explica o delegado Marcos Vasconcelos.

Desde abril, os bancos são obrigados a cumprir duas leis aprovadas pelos vereadores da capital da Paraíba. Uma exige a ampliação do sistema de vigilância com câmeras.

“A lei diz que toda agência bancária tem que ter, no mínimo, três câmeras em torno do banco”, diz o agente de fiscalização do Procon João Bosco.



saiba mais
Saiba como se comportar em bancos para evitar roubos
--------------------------------------------------------------------------------
A segunda lei obrigou os bancos a instalar painéis de quase dois metros de altura. A divisória separa o ambiente dos caixas e a fila de espera. Garantia de mais sigilo e tranquilidade para quem vai sair do banco com muito dinheiro.

“Tirava alguns valores e todo mundo ficava olhando. Agora ficou melhor”, elogia o auxiliar de serviço Severino Galdino.

A lei proíbe o uso de celular na área de espera. Depois das medidas, o número de crimes desse tipo caiu cerca de 90%. Só não dá para descuidar.

“Ir com acompanhante, mudar caminhos e mudar hábitos. Não fazer a mesma coisa todos os dias”, ensina o delegado Marcos Vasconcelos.



Veja no link:

http://g1.globo.com/bomdiabrasil/0,,MUL1277763-16020,00-LEI+MUNICIPAL+REDUZ+ROUBOS+NA+PORTA+DE+BANCOS+EM+JOAO+PESSOA+PB.html




Estamos a disposição para contato através:
Twitter: @professorpaiva;
Facebook: @SeverinoPaiva;
Linkedin: Severino Paiva
ou e-mail: paiva.professor@gmail.com .

2 comentários:

  1. Prezado Professor,
    Seria possível o senhor enviar para meu e-mail (paulocesarsouza@gmail.com) a Lei 1.659/07 que trata da instalação de câmeras próximas às instituições financeiras de sua cidade.

    Desde já eu o agradeço!

    Paulo César Souza
    paulocesarsouza@gmail.com

    ResponderExcluir
  2. Parabéns!Essas sim são leis eficazes e que repassam aos bancos a responsabilidade pela segurança dos clientes. Aqui em Minas proibiram o uso do celular nos bancos com uma lei que a meu ver é absurda. O celular é uma ferramenta de trabalho, uma necessidade para muitos. A proibição do uso presume que qualquer um que porte o aparelho seja um criminoso. Isso não evita que o golpe da saidinha seja aplicado, até porque não é necessária a comunicação via telefone celular para tal e o crime está sempre se aperfeiçoando. Parabéns a João Pessoa, mais uma vez.

    ResponderExcluir